fechar
judo shotygueiko 2018

Bastenses encontram no judô a fórmula para uma melhor qualidade de vida

Texto A+ A-

 

Data: 25/01/2016

Redação Bastos Já

Qualidade de vida. Este é o objetivo principal de um grupo de bastenses que há um ano e oito meses decidiram mudar seus hábitos cotidianos e iniciaram a pratica de judô no Centro de Treinamento Edison Motoharu Yoshikawa da Associação de Judô de Bastos. Para os bastenses três dias da semana é sagrado, esquecem todos os compromissos das 19h00 às 20h30 e se dedicam totalmente ao judô. O grupo que estava em férias retornou aos treinos nesta segunda-feira dia 25.

O grupo, que teve inicio com quatro pessoas, é atualmente formado por 25 integrantes com idade entre 26 e 45 anos de idade. Os atletas pagam religiosamente suas mensalidades e não perdem os treinos ministrados pelo professor Fablini Henrique da Silva. A força de vontade e dedicação é tanta que dos quatro iniciantes, três se mantém fiel aos treinos: o empresário José Maria Castro Campos, 37 anos, e os irmãos Edson e Ednaldo Aparecido Gallo, com 38 e 36 anos respectivamente.

“A gente se reunia quase toda quarta-feira para fazer um churrasquinho. Comecei a notar que estávamos levando uma vida muita sedentária e prejudicando nossa saúde e então sugeri aos meus amigos - Edson e Ednaldo Aparecido Gallo e Jaime David – de praticarmos judô, esporte que eu já havia treinado por dois anos há alguns anos antes. Todos aceitaram a proposta e, depois de conversarmos com o presidente na época, o Luiz Pereira, iniciamos os treinos em três dias da semana”, recorda José Maria Campos.

Edson Aparecido Gallo garante que a pratica do judô tem resultado em uma melhor qualidade de vida para todo o grupo. “Hoje, todos os integrantes do nosso grupo de treinamento sentem muito mais disposição para encarar os compromissos do dia a dia. Além melhorar a saúde, a prática do judô tem influenciado positivamente até mesmo em nosso estado de humor. Este treinamento com certeza nos ajuda a diminuir e controlar o peso, reduz o risco de uma série de doenças, entre vários outros benefícios”.

O empresário José Maria Campos destaca que as pessoas que tem receio de ingressar no grupo de treinamento e sofrer uma contusão que irá atrapalhar o seu trabalho estão totalmente erradas. “Ao contrário, a prática do judô tem ajudado a aumentar a nossa resistência muscular, além do bem-estar mental que ajuda aliviar o estresse e a ansiedade. São tantos os benefícios que não existe justificativa para a pessoa não querer treinar. É importante destacar que nunca é tarde para começar uma atividade física, inclusive no judô”.

Os amigos de treinamento agradecem ao professor Fablini Henrique da Silva que ministra as aulas para o grupo e ao sensei Uichiro Umakakeba, pessoa responsável em conscientizar o grupo da importância da disciplina para ser um bom atleta e cidadão de bem. “Além de ser muito paciente com todos nós, o professor Fablini tem se empenhado demais para que, mesmo com uma idade acima dos demais alunos que treinam aqui em Bastos, aprendamos as técnicas de como fazer uma boa luta frente ao adversário. Estamos sendo tão bem preparados que já pensamos até em, futuramente, participar de competições na classe máster” anuncia José Maria Campos.

O praticante Edson Aparecido Gallo anuncia que as pessoas interessadas em treinar podem procurar o Centro de Treinamento em um dos dias que ocorrem os treinamentos. “Nosso grupo é um excelente incentivo para quem deseja iniciar ou retomar os treinamentos no judô. A pessoa que tenha interesse, seja ex-atleta ou iniciante, em praticar o judô poder vir fazer umas duas ou três aulas sem compromisso para comprovar os excelentes resultados que esta modalidade esportiva faz para a saúde do ser humano”, convida.


Fotos

 

publicado em 26/01/2016 às 09h08

Veja mais

 
 
  • Portal Transparência
  • Estácio
  • anuncia quatro
  • Matricula 1
  • Matricula 2
 
 

Associacão de Judo de Bastos - Telefone: (14) 3478-1946

Av 18 de Junho, 400 - cep: 17690-000